Partilhar materiais

Compartilhar copos... pratos... Comece a compartilhar com coisas simples!

Compartilhar copos… pratos… Comece a compartilhar com coisas simples!

Redes para partilhar coisas são ótimas para começar a usar materias como ferramentas de partilhamento. Você não precisa comprar nada, porque você pode simplesmente pedir aos seus vizinhos se você pode usar emprestado deles. Por exemplo uma bomba de bicicleta ou uma escada para pintar. Muitas pessoas já estão fazendo isso em sua vizinhança.

A nova maneira de partilhar

Antigamente  nas antigas civilizações era muito comum pessoas partilhar materiais. Mas, com a individualização na sociedade reduz o contato entre as pessoas e as pessoas estão partilhando menos. Do outro lado, graças à internet há pessoas preenchendo essa lacuna. Existem agora redes sociais para partilhar coisas. Essas redes estão crescendo rapidamente.

Em muitos países e cidades em todo o mundo há aplicações de internet feitas, tais como sites onde as pessoas podem entrar e colocar as coisas que gostariam de partilhar. Outras pessoas podem ver de quem podem pedir emprestado.

Exemplos de locais onde pode partilhar algo

Como por exemplo a rede Bliive onde você encontra partilhamento de tempo e onde você troca conhecimento com outras pessoas. Vamos supor que você dê aulas de inglês. Que tal oferecer isso na rede Bliive e, em troca, pegar umas aulinhas de dança? É preciso oferecer alguma coisa (não necessariamente para a mesma pessoa com quem trocou algo antes) para ganhar mais horas e continuar participando.

Não é só na hora de disponibilizar itens de casa ou habilidades que a economia partilhada faz sucesso. Viajar de carro sem gastar muito também é possivel. Você pode usar o método de compartilhamento de carro, pode ser o seu carro, do amigo ou algum outro conhecido. Você pode pedir ou oferecer carona na sua rua, para seus amigos ou até mesmo usando paginas online (facebook, instagram). Outra maneira é se cadastrar no site Bla Bla Car. No site, é possível oferecer vagas para viagens de carro ou, se você for passageiro, encontrar motoristas que estejam cumprindo uma rota específica. Você encontrará em nosso site outras dicas de como viajar sem dinheiro.

E na hora de se hospedar sem gastar, experimente o Couchsurfing. Este é o lugar para quem quer encontrar um cantinho solidário na viagem para se hospedar. Cadastre-se, crie o seu perfil e busque um anfitrião que tope receber você por alguns dias no sofá da sala. Você também pode usar as redes de Intercâmbio de hospitalidade, acessando nesse link tera mais informações sobre esse tópico.

Outro site, é o TimeRepublik não é brasileiro, mas também tem feito sucesso na Europa. Ele serve para quem quer trocar experiências, porém mais direcionado para habilidades profissionais.

Partilhar em grande escala

Isso também pode ser feito em uma escala maior e sem internet. Utilizando lugares como bibliotecas, praças ou algum outro local público. Suponha que cada bairro tenha sua própria localização onde você pode pedir ferramentas ou outras coisas. Isto pode ocorrer semdinheiro, se cada pessoa doar algumas de suas próprias ferramentas, se constrói um ponto onde você encontrará o que precisa sem usar a internet.

Para isso é preciso um local fixo para guardar as coisas, um local onde todos conheçam. Pode ser algo como uma loja de doação, mas então como um armazém maciço central para coisas que o bairro está compartilhando.

Se você quiser configurar algo como isso, comece em uma pequena escala. Em seu próprio bairro ou área. Encontrar um local adequado, por exemplo, um celeiro e pedir a todos que quiserem se juntar para doar o material que eles querem compartilhar, talvez até mesmo criar e espalhar alguns panfletos.

Rede Bliive

A rede Bliive é uma plataforma de troca de habilidades onde você não paga com dinheiro, mas com o tempo que você acumulou ensinado outra pessoa algo. Já existe várias pessoas usando o Bliive atualmente, além de você aprender algo que lhe interessa, também lhe conecta com outras pessoas.
Nós do Semdinheiro.org escrevemos um artigo explicando melhor sobre essa rede.